Como mudar o resultado de um centro automotivo

Os centros automotivos devem ter o mínimo de qualidade para oferecer um trabalho bem feito para seus clientes. Confira alguns pontos básicos para conquistar esses objetivos, que levam a satisfação do cliente.

Os centros automotivos autônomos estão trabalhando cada vez melhor e com mais qualidade para conquistar e fidelizar seus clientes. Nesse mercado cada vez mais competitivo, o segmento de reparação e manutenção veicular não é diferente. Vemos nas reparadoras de maior porte que mudanças para melhorar o atendimento, o ambiente e a tecnologia são cada vez mais constantes. Mas será que isso é coisa de empresa grande ou coisa de pessoas que pensam grande? Afinal, o mínimo de qualidade todo o estabelecimento pode e deve ter, mesmo nos centros automotivos de menor porte.

Para ajudar nessa tarefa, vamos ver alguns pontos para começar aperfeiçoar qualidade em seu centro automotivo. Isso vai gerar impactos no seu estabelecimento, seus funcionários, seus clientes e, principalmente, o seu faturamento.

O primeiro passo é ter a consciência que é importante que todas as áreas de sua oficina precisa passar por uma análise criteriosa. Todos os colaboradores têm que se envolver nesse processo. O importante é perceber onde podemos trabalhar com mais qualidade e quais os benefícios que serão percebidos em seu centro automotivo.

Avalie tudo que você puder como: materiais, processo, organização, instalações, pessoal e atendimento são primordiais para o sucesso da implementação da qualidade no centro automotivo.

Principais pontos

Organização do centro automotivo.

O primeiro item é um dos mais importantes, pois significa ter o controle do negócio, é vital que se crie formas de entender o que está acontecendo em todos os setores da oficina. Use de anotações, planilhas para acompanhar o que está acontecendo, o ideal é que escolha um software para te ajudar no mapeamento e levantamento das informações. A organização obriga o empresário a pensar em evitar problemas, ajuda a eliminar o risco, e gera menos custo com correções. Isso deve ser praticado tanto para organizar os papéis em cima de uma mesa quanto para organizar as ferramentas corretamente.

Organograma e funções no centro automotivo:

É muito comum ver em um centro automotivo, várias pessoas envolvidas em uma mesma tarefa, outro dia pude presenciar um fato em uma oficina. No meio da execução de um serviço, teve a necessidade de comprar mais uma peça, mas como não tinha funções bem estabelecidas, enquanto a esposa (que era o financeiro) ligava para algumas auto peças, o Marido (proprietário) ligou do celular para outros lugares, o mecânico por sua vez estava acionando seus contatos em uma mídia social para ver se alguém tinha a tal peça, neste meio tempo entrou um carro, e o que aconteceu! Pediram ao novo cliente um minuto pois assim que um terminasse iria atender! Imagina isso!

Por estas e mais que se faz importante esquematizar um organograma com níveis de hierarquia bem definidos, e como a função de cada um. É importante e ajuda o cliente fiel recorrer a pessoa certa em cada necessidade específica. Faça isto sempre que possível, as divisões de serviços e equipes aumenta o profissionalismo na oficina, além de economizar tempo e otimizar os resultados. O que não pode é o mecânico olhando coisa de cheque devolvido ou três pessoas envolvidas na mesma tarefa.

Gestão de qualidade no centro automotivo:

É essencial traçar estratégias e objetivos para a oficina. Entender o controle dos procedimentos, treinamento de pessoal e controle de estoque facilita o processo da qualidade, pois ajuda a identificar os problemas e amenizá-los antes que ocorram. Um software de gestão, por exemplo, é uma ferramenta muito útil para administração da empresa, principalmente, para analisar de forma ágil e confiável todos os controles. Monitore, meça e analise o processo de gestão frequentemente para saber se o objetivo foi atingido ou se é preciso mudar de estratégia.

Fluxograma no centro automotivo:

Não se assuste pois esta ferramenta pode ser utilizada de maneira bem simples no processo. Faça as seguintes perguntas:

– Que horas o carro entrou na oficina?

– Que horas foi marcado a entrega com o cliente?
– Quais os serviços a serem realizados no veículo?

– Quanto tempo temos para realizar o trabalho?

– Tem muito carro no pátio?

Uma ação simples como esta vai te ajudar a se programar no seu dia, para evitar que nas primeiras horas do dia tudo esteja correndo com ritmo moderado e no final do dia está todo mundo louco, pois falta alguns minutos para o cliente chegar e o carro não está pronto. Fazendo com que você tenha que abrir mão de tudo: processos, padrão de atendimento em alguns casos até o padrão de qualidade para trabalhar somente com o fator tempo.

Comunicação e marketing no centro automotivo:

A propaganda é alma do negócio. Crie formas de seu cliente conhecer melhor sua empresa, pois de nada adianta ter os melhores procedimentos se ninguém ficar sabendo. Além do mais a propaganda boca a boca é um excelente negócio. Divulgue não só para clientes mas para seus funcionários, todos devem saber de tudo o que acontece.  A comunicação interna é essencial para que todos os envolvidos no processo saiba transmitir seus diferenciais para os clientes.

Você já comeu com os olhos? Comprou algo só porque apareceu vistoso aos olhos! Isto acontece a todo tempo, por isso o  visual da sua oficina é muito importante para o cliente, o empresário tem que pensar com cuidado no layout e apresentação da empresa.

Uma boa recepção, um estacionamento para os carros, sanitários e boa sinalização na oficina fazem com que o cliente se sinta mais à vontade. Identifique a sua fachada, divulgue suas especialidades e características.

Uniformes limpos e profissionais bem treinados completam a imagem da sua empresa. Cuidados com a conservação do local e dos equipamentos, limpeza, armazenamento de peças e atendimento são prioridades para o gestor.

O cliente pode pensar: “ Se a oficina cuida bem das suas instalações cuidará bem do meu carro”

Clientela no centro automotivo:

O empresário deve estar atento ao público para qual ele presta serviço, pois é a partir disto que se monta toda a estratégia, por exemplo, se seu centro automotivo é mais popular, a estrutura não exige luxo e talvez preços mais competitivos, já no caso de centros automotivos mais sofisticados, a imagem e os diferenciais podem ser muito importantes, pois isto dialogar com seu cliente é importante para perceber o que é valor para ele.

Equipamentos, ferramentas e maquinários no centro automotivo:

Este é um ponto muito importante para prestar um serviço de qualidade é trabalhar com equipamentos adequados e específicos para o serviço que será executado. Alguns pontos são importantes:

Treinamento da mão-de-obra: não adianta ter os melhores equipamentos com uma equipe despreparada. Manutenção: Ferramentas e equipamentos precisam de um plano de manutenção preventiva e cuidado para evitar problemas. Por isto tenha as ferramentas mas cuide delas.

– Entregue o serviço no prazo estipulado, se for necessário atrasar, mantenha o cliente informado antecipadamente.

– Todos os processos devem estar transparentes aos clientes, o que mostra honestidade e credibilidade. Hoje em dia, muitas empresas disponibilizam no site todas as informações sobre o andamento do reparo.

Os funcionários no centro automotivo:

Uma empresa é formada por pessoas, que precisam ser tratados com respeito, estimulados, treinados e reconhecidos. Um funcionário trabalhando com estímulo repassará isso no seu trabalho da mesma forma que um funcionário insatisfeito coloca todo o processo a perder.

Outro ponto importante é capacitar e atualizar o profissional para realizar o seu serviço e operar os equipamentos da oficina para que o serviço seja cada vez mais qualificado.

WhatsApp chat